Rock in Rio: Stevie Wonder dá aula de ‘música de verdade’

O show do Stevie Wonder no Rock in Rio ainda não terminou – no momento em que comecei a escrever essas palavras – mas já posso dizer que o cara subiu ao palco para dar uma aula do que é música. Menos é mais.

Em um festival em que o público se acostumou a ouvir desafinações, playbacks e faltas de ar dos seus ídolos, eis Stevie Wonder. Nos últimos dias, ouvi declarações como “ela tem uma ótima presença de palco” e “os figurinos e cenários são incríveis” como tentativas de explicar o injustificável: as atrações não sabem cantar.

O show de Stevie é muito simples. Não há supercenários, nem superfigurinos (na verdade, ele parece estar cantando com um pijaminha confortável), mas há uma superbanda, superletras e um supercantor – tudo que importa de verdade.

Não é isso o que se espera de um show, quando você paga um ingresso caro? Os clímax são uma homenagem a Michael Jackson ou uma palinha de “Garota de Ipanema” – e não trocas de perucas ou a destruição de uma guitarra. Em pensar que Stevie quase ficou de fora da line-up… até agora, foi o melhor show que vi no festival.

Anúncios

Responder a Rock in Rio: Stevie Wonder dá aula de ‘música de verdade’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s