Empregada Fortaleza voltou

A empregada Fortaleza voltou – pela quarta vez. Se você não se lembra quem é ela, leia aqui. Mas, de qualquer jeito, eu explico porque ela foi demitida na última vez: Fortaleza estava achando que era patroa. Abuso puro. Não aceitava fazer comida para a vovó, limpar o chão, limpar os móveis e muito menos ir à rua fazer compras. “Eu não sou escrava!”, dizia ela, embora fosse muito bem paga. Passava os dias sentada em uma cadeira do quintal olhando para o céu (vai ver queria ser astrônoma). Fora isso, houve boatos de que ela dopava a vovó para não se estressar. Boatos fortes.

Mas agora, quando ninguém se lembrava mais dela, Fortaleza voltou. A outra empregada da vovó teve que se desligar do trabalho porque vai à Itália resolver uns problemas de pensão (fina!). Então, a agência de domésticas à qual a vovó recorre mandou Fortaleza para ser entrevistada. De novo. Pela quarta vez. Climão.

Minha mãe ficou indignada. “Como é que mandam alguém que já sabem que não serviu? Essa agência é maluca também? O coordenador já falou na minha cara que Fortaleza ‘não é chegada ao trabalho’. E ela? É perturbada? Muito cara de pau de reaparecer”.

– Fortaleza, você e minha mãe não se entendem. Como é que você volta? Você tem problemas?
– Que que você tem contra mim?
– Uma lista extensa.
– Eu sempre trabalhei com idosos. Sou especialista nisso.
– Não me faça rir. Minha mãe é nervosa, você também é. Você não quer fazer nada. Minha mãe com você vive dopada. Não deu certo três vezes, porque você acha que agora vai?
– Eu não quero causar problemas.
– Não parece. Você deve ser muito esquecida para ter a cara de pau de voltar. Mas eu não sou esquecida não.

Vovó é. Aceitou Fortaleza de volta. Vovó gosta de uma aventura.

Anúncios

3 respostas para Empregada Fortaleza voltou

  1. Oi:

    Interessante o blog!
    O encontrei ao procurar pela jovem atriz PRISCILLA CAMPOS…
    Reconheço que APRENDI MAIS SOBRE ELA lendo tal matéria sobre esta atriz praticamente desconhecida!
    A assistia em TECA DA TV – um programa bem interessante; até aprendi algumas coisas lá…
    Pelas minhas contas – ela deve quase estar na casa dos 20; o tempo passa!
    É isso.

    Abraços,
    Rodrigo O Rosa (Porto Alegre)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s