“Bravura indômita” é melhor do que eu pensava

Este post faz parte da maratona Oscar 2011, que você confere aqui.

            Driblei a minha resistência – preconceituosa, confesso – e assisti ao faroeste que tem dez indicações ao Oscar deste ano. Posso dizer que não senti as duas horas de filme passarem, o que deve significar que eu tenha gostado do que vi. Raciocínio lógico bem aplicado: eu gostei mesmo, apesar das mutilações.

            Bravura indômita, dos irmãos Coen, conta a história de uma menina de 14 anos – interpretada por Hailee Steinfeld, que na vida tem a mesma idade – totalmente decidida, persuasiva e corajosa disposta a vingar o assassinato do pai. Ela contrata Reuben J. Cogburn, o brilhante Jeff Bridges, para matar o foragido Tom Shaney, vivido por Josh Brolin. Só há uma importante condição: ela quer ir junto nessa caça ao homem que matou seu pai. Ele tem que saber que está morrendo por causa do pai dela – e não pela extensa série de crimes dele. Interessante sim, vai.

            O filme é completamente envolvente. Essa menina, a Hailee, cresce em cena de tal forma que é difícil acreditar que ela não tenha nem debutado ainda. A primeira cena em que sua personagem fica cara a cara com Shaney é violentamente delicada. O desejo de todos é ver o cara morto. E a química entre ela e Jeff Bridges é notável do início ao fim. Só não entendi porque ela está indicada à melhor atriz coadjuvante, se o seu papel é protagônico.

            Jeff Bridges dispensa comentários e veio com tudo pela disputa do bicampeonato. Se antes eu estava na torcida por Javier Bardem, agora me divido igualmente entre os dois (embora ainda ache que Colin Firth que vá levar essa…).

            E Matt Damon? Irreconhecível. Só soube que era ele quando li a ficha técnica em um site.

Indicações ao Oscar 2001: Melhor filme, diretor (Joel Coen e Ethan Coen), ator (Jeff Bridges), atriz coadjuvante (Hailee Steinfeld), roteiro adaptado, fotografia, direção de arte, figurino, som e edição de som.

Uma resposta para “Bravura indômita” é melhor do que eu pensava

  1. lex

    Cara, tenho uma pergunta, ja que vc é jornalista, mataram o pai do chicão da cassia eller na ficção ou o menino vive de mentiras da mãe e de sua mulher, li uma biografia dela, e ela se nega a dizer quem é o pai, ou seja, desfarsa, enrrola, tava procurando no oraculo do google assuntos sobre isso, apareceu essa pagina, minha mãe fugiu do rio de janeiro para brasilia, pra que eu não ppodesse conhece-lo, meu pai, e sempre escondeu de mim com apoio de suas irmãs, acredito que o garoto possa viver o mesmo, a vida de mentiras maternas, vai entender as mulheres, vivi no cruzeiro velho,e conheci a cassia no ARRUC, uma associação de grupo carnavalesco do bairro do cruzeiro em brasilia,onde a cassia tocava pagode nos fins de semana, ele foi namorada de um amigo meu, senti na pele o que a mentira altera o rumo do destino, será que esse garoto foi negligenciado por seu turores, ou melhor foi multilado pelas histórias mentirosas da mãe, e de sua companheira? eu adora a cassia mesmo conhecendo ou não, mas ja procurei e não achei o fio da meada, é certo o filho não poder conhecer o pai biologico? por um simples egoismo materno., acredito que todo e qualquer ser queira saber quem é o pai, seja lá qual seja sua opção sexual, mesmo que seja um casal de lesbicas, meu pai pode ser um mendingo, negro, branco, soro-possitivo, crente, mulsumano, católico, judeu, japones, iraquiano, espirita, amarelo,europeu, pardo, ou mameluco, sei la , não importa, mas sempre quis conhecelo, pois me importo com algo que nasce, reflete a minha etica ou razão de ser, burlar ou esconder sua genealogia implica outras razões, minha mãe diz que sou complexado, ironia pois sou musico e sei como é dura a vida de artista, caara se puder esclarecer essa dúvida. pois o ICADE orgão do governo aqui em brasilia, controla a midia dos direitos autorais sabe muito bem que é, e por isso implica dinheiro para sua mulher e sua familia que de certo sempre a condenou por sua vida, ou suas escollhas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s