Show da Sandy: um passeio ao passado, afirmação do presente e vislumbe do futuro

– Nossa! Tá chique de repórter hein!
– É. Viu? Evoluí. Posso começar?

Assim começou a noite de ontem, dia 12, no camarim da Sandy no Vivo Rio, onde ela estava para fazer o seu primeiro show solo no Rio de Janeiro. Depois de assistir à gravação dela com Amin Khader para a Rede Record, ela atendeu aos jornalistas dos outros veículos. Ao me ver, lançou essa piadinha. E começamos a entrevista – que depois eu publico aqui – mas que eu posso dizer que foi uma das mais fáceis da minha vida. Tenho com ela uma controversa relação de intimidade, mais do que com qualquer outra figura pública. Me sinto à vontade. No final, confessei: Adorei te rever.

O passado

Da entrevista até o início do show, eu ainda tinha algum tempo livre. Coheço a figura e a hipótese dela começar uma apresentação pontualmente é nula. A casa estava cheia e a impressão é de que eu conhecia todo mundo ali. Por alguns instantes, senti como se nunca aquilo tivesse acabado. Todo mundo estava maior, diferente e trazendo novas companhias, mas…  todos estavam ali. A cada dez passos que eu dava, reencontrava alguém. E é incrível como vinham à minha cabeça histórias com cada uma daquelas pessoas. Boas ou más, agora já não importa e sou capaz de trocar meia dúzia de palavras e até sorrisos com antigas desavenças.

Quando o show começou, senti meus braços arrepiarem. Ela, a Sandy, estava de volta. E como eu senti falta dos shows! Eu estava ali na frente do palco, com o resto da imprensa, registrando aquele momento e escutava os (outros) fãs gritarem o de sempre. Eu te amo! Perfeita! Linda! Nesse sentido, pouca coisa mudou. Ao término da terceira música, fui me sentar com meus amigos – os daquela época, que eu não abri mão.

Olhava para ela no palco e várias recordaões atormentavam a minha mente. Olhava para as minhas amigas e sentia que elas estavam passando pela mesma coisa. Quando Sandy cantou Por Enquanto – que lá no camarim ela disse ouvir muito na sua adolescência, na voz da Cássia Eller – lembrei do fim da dupla (Junior estava logo ali atrás, na mesa de som). Essa música fazia tão sentido naquela época. Doía escutá-la. Ontem, eu apenas cantei, sem emoções físicas – mas sem esquecer que já as senti muito fortes. Nesse momento, entendi: eu estava em um passeio pelo passado – e não um retorno a ele. Aquele mundo exclusivo e proporcionado por ela – e ele – no qual nós vivemos por tanto tempo havia acabado, mas pequenas visitas ainda eram possíveis.

 

Amandinha: a mascote cresceu haha

Edy! Carinho enorme! UMA DAS que me viu crescer! 😛

Lissa a Keka: das antiiiigas!

Thiago: super amigo

Erica, Thati e Amanda: companheiras de mesa. Erica e Amanda, companheiras de mesa desde sempre!

Erica e Renata. A gente se gosta demais

O presente

Isso é bom. A sensação é mesmo de ter evoluído – simplesmente crescido. Em alguns momentos, achei o show desanimado (os de Sandy e Junior eram tão mais divertidos!), o que certamente não é um defeito. Sandy não é mais uma animadora de platéia e deve ser respeitada como tal. O show está, sem sombra de dúvidas, impecável. Mesmo com toda aquela tosse dela, sua voz continua sendo – literalmente –  música para os meus ouvidos.

Eu achei que iria me emocionar com esse show, depois de tanto tempo ausente. Tenho essa alma mexicana aflorada e é fácil me sensibilizar quando mexem com o passado. Mas isso não aconteceu nem mesmo quando ela cantou as músicas daquela época. Estranho jeito de amar, que eu adoro, e Quando Você Passa, que eu acho bem idiota, serviram para mostrar, primeiro, que a Sandy satisfaz por si só – apesar de réplicas de fãs quanto a isso – e, segundo, que músicas que faziam muito sentido antigamente já não fazem hoje.

Nem mesmo o bis de Não dá para não pensar, proporcionado por um coro da galera e seguido por Sandy, emocionou. É lindo sim vê-la assumindo a nossa história – “Sandy e Junior na veia!”, ela disse – mas agora estamos construindo outras. Ela, eu e meus amigos, pelo menos. E isso é muito mais saudável do que ficar estagnado e preso ao que já passou. A noite de ontem falou claramente ao meu ouvido: Leonardo, você está no caminho certo.

O futuro

O show também conversou com o futuro. A prova de fogo de estar frente a frente com a Sandy, entrevistando-a, é algo que eu imaginava  – e com certa razão até preferia – que só acontesse lá pra frente na minha carreira. Ter acontecido agora e não gaguejar, tremer, sentir o coração na boca ou a emoção na pele me mostrou que eu tô preparado para encarar qualquer outra pessoa.

Sandy ter ganhado o disco de platina no palco – e ficado verdadeiramente feliz com isso – também dá uma prévia do que está por vir. Na entrevista, ela falou que quer gravar pelo menos mais um CD antes de ter um filho. O carinho que eu tenho por ela, posso falar com segurança nesse estágio da minha vida, é incondicional. Eu posso vir a não gostar de seu próximo trabalho ou o seu atual não ser um dos meus favoritos, mas estarei sempre apoiando. É um paralelo àquele membro da família que a gente pode descordar das atitudes, mas mesmo assim apoia e dá uma força. Ela já avisou que os shows voltam em Abril e com certeza volta ao Rio em 2011. Também com certeza estarei lá… prestigiando.

 

Sandy recebendo disco de platina

Anúncios

2 respostas para Show da Sandy: um passeio ao passado, afirmação do presente e vislumbe do futuro

  1. bia

    lindo o texto, mas a impressao é de que vc se sente amigo intimo dela.. hahaha

  2. ericaff

    ooown, muito lindo o texto. vc falou tudo mesmo aki. muito legal. foi uma mistura d sentimentos ontem mas q não podem voltar e q viverão em nossas memorias. muit legal, é muito bom poder ir a um show w curti-lo, eu nem sabia o q era isso, serio. aishaishiashas

    enfim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s