Fim do Festival do Rio

E o festival acabou depois de duas semanas intensas e de oportunidades muitas vezes únicas de ver filmes que nunca vão entrar em circuito por aqui (infelizmente). Aqui a minha humilde opinião sobre os últimos filmes que vi.

Viúvas sempre as quintas (Las viudas de los jueves) – Filme de Marcelo Figueras (Peligrosa obsesión) e Marcelo Piñeyro (El método). Grande elenco, bom argumento e desenrolar interessantemente peculiar do roteiro. Revesa uma cena do presente com uma cena do passado até que no final ambas as histórias contadas se encontram, esclarecendo o quadro geral. É claramente um suspense, mas sem aquele clima de tensão típico do gênero. Salvou a mostra Foco Argentino.

Os habitantes de Altos de la Cascada, bairro fechado de Buenos Aires, vivem felizes em seus condomínios, repletos de jardins, piscinas aquecidas e mansões monitoradas por câmeras de segurança. Numa manhã como qualquer outra, três cadáveres são descobertos boiando na piscina de uma das casas. O caso abala a comunidade, que não tarda em aceitá-lo como uma fatalidade. Mas a investigação das últimas ações das vítimas põe em dúvida o caráter acidental das mortes e ameaça trazer à tona o que se esconde por trás das fachadas impecáveis do condomínio.

Você vai conhecer o homem dos seus sonhos (You Will meet a tall dark stranger) – Não é um filmão esse de Woody Allen (Tudo pode dar certo). Senti uma vibe de filme para cumprir contrato, com todo respeito.  É bem engraçadinho em alguns momentos, mas não consegue dar conta de tantos personagens. Tem tantas tramas quanto uma novela das 8h. Antônio Banderas (Take the lead) e Freida Pinto (Quem quer ser um milionário) tem papéis medíocres e, embora o personagem de Anthony Hopkins (O lobisomem) tenha destaque na história, é também bem mal contruído. Gemma Jones (The contractor) sim está ótima, com um personagem leve e divertido, mas complexo. Naomi Watts (Trama internacional) e Josh Brolin (Wall Street) são quem melhor guiam o filme, vivendo um casal em crise. É um filme para ver na falta de algo melhor. Não correria para o cinema desesperadamente como eu fiz, se fosse você.

Alfie, casado com Helena, é pai de Sally, que por sua vez é casada com Roy. Quando Alfie abandona a esposa para correr atrás do tempo perdido se envolvendo com uma loira muito mais jovem, Helena se entrega aos conselhos de um vidente charlatão. Já Sally, insatisfeita com seu casamento, apaixona-se pelo sensual dono da galeria de arte em que trabalha, Greg. Paralelamente, Roy, à espera de um retorno de seu último romance, encanta-se com a misteriosa guitarrista Dia. Os sonhos românticos de todos, no entanto, parecem apontar apenas para ilusões e dores de cotovelo. Festival de Cannes 2010.

Anúncios

Uma resposta para Fim do Festival do Rio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s