Erom Cordeiro fala sobre ‘Mais Uma Vez Amor’

Apesar de ter uma carreira sólida no teatro, sua cena de mais sucesso foi na televisão e nunca foi ao ar. Em 2005, o público esperou ansioso pelo beijo de seu personagem, Zeca, e Junior (Bruno Gagliasso) em América. Mas a Tv Globo censurou previamente o texto de Glória Perez e todo mundo ficou só na vontade.
Agora, Erom Cordeiro – 33 anos – está beijando outro sex symbol nacional, Deborah Secco. É a peça “Mais Uma Vez Amor”. O espetáculo retrata um casal nada convencional – Lia e Rodrigo – que, entre encontros e desencontros, são atraídos pelas diferenças que possuem.
Nessa entrevista exclusiva ao Portal Plus Tv, ele conta como está sendo rodar o Brasil com esse espetáculo, relembra o trabalho na Globo e dá a sua opinião sobre a febre de realities shows na televisão.

PLUS TV – “Mais uma vez amor” é a remontagem de uma peça que foi sucesso com Marcos Palmeira e Luana Piovani. Como surgiu a idéia de voltar com esse projeto?
EROM CORDEIRO –
Deborah estava com vontade de produzir um espetáculo esse ano e se associou com o produtor Léo Fuchs. Saíram em busca de um texto até que encontraram esse.

PLUS TV – Não tem medo de comparações com Palmeira?
EC –
A primeira montagem aconteceu em 2002 e não cheguei a ver. Acho o Marcos Palmeira um ótimo ator. Se surgirem comparações, elas independem de mim. Nem penso nisso. Faço o meu trabalho.

PLUS TV – Você e Deborah Secco estão rodando o país com a obra. As pessoas vão ao teatro pelo argumento da peça ou para ver os atores da televisão?
EC – Claro que existe uma curiosidade do público em ver de perto o artista que costuma ver na televisão, mas a peça estabelece uma empatia imediata com a platéia e a divulgação boca-a-boca fica a nosso favor. As pessoas riem e se emocionam muito.

Erom Cordeiro e Deborah Secco em divulgação da peça

PLUS TV – Qual cidade que vocês passaram foi mais marcante?
EC –
A receptividade tem sido muito boa em todas as cidades. Mesmo! A estréia da peça foi em Recife no Teatro Santa Isabel – um dos mais belos teatros do país – e desde lá temos a felicidade de ter teatros lotados em todos os lugares que passamos.

PLUS TV – E o que você prefere fazer: teatro, cinema ou televisão?
EC –
É no teatro onde eu mais vivi e trabalhei. É onde piso com mais segurança. A televisão tem a agilidade, o ritmo frenético e proporciona um alcance imenso do trabalho. O cinema permite trabalhar com uma preparação mais cuidadosa, com os detalhes. Prefiro boas histórias a serem contadas, bons personagens. Não importa se no teatro, cinema ou tv. 

Bruno Gagliaso e Erom em América: trabalho de maior repercussão

PLUS TV – Quando se fala de Erom Cordeiro, o público lembra do beijo gay de América. É ruim ser lembrado por uma cena que nunca foi ao ar?
EC –
Não, o trabalho todo foi muito bacana de fazer: personagem, elenco, equipe e repercussão.

PLUS TV – Posaria nu?
EC –
Não.

PLUS TV – Deborah Secco é fã do BBB, mas o meio artístico costuma olhar torto para reality shows. Qual a sua opinião sobre esses programas?
EC –
Não costumo assistir, aliás vejo pouco tv. Não tenho nada contra, é apenas mais um programa como tantos outros. Há algo de interessante em relação a uma dramaturgia do cotidiano. As pessoas naquelas circunstâncias são levadas a serem personagens delas mesmas, com funções dramáticas querendo ou não: ‘o vilão’, ‘a vilã’, ‘a mocinha’, ‘a extrovertida’, ‘a mal-humorada’, ‘o estúpido’ e por aí vai.

Fotos: Divulgação
Por Leonardo Torres
Postado no Portal Plus Tv
http://portalplustv.com.br/celebridades/erom-cordeiro-fala-sobre-mais-uma-vez-amor/

Anúncios

3 respostas para Erom Cordeiro fala sobre ‘Mais Uma Vez Amor’

  1. Maria

    Eromir sou a Maria do Cefet.Você está de parabéns pelo desempenho do seu filho Erom.Família linda você tem!Você soube educar os seus quatro filhos para a vida:: Adriano, Erom, Danielle e Patrícia, se orgulhe disso, meu amigo!

  2. Lúcia Rolemberg

    Conheço o ator Erom através da minha colega Marluce, mulher do pai dele Eromir.Ela me mostrou o dois filmes (Vingança) e (Sexo com amor)Fabuloso ator! Vi também na internet a peça “Muito mais amor” todo desempenho do grande ator Erom Cordeiro.Como diz o ditado: Filho de peixe peixinho é. Eromir(pai) um relevante professor de desenho e arte do antigo CEFET..A arte em geral, vem desde o avô Luis Cordeiro,depois o pai Eromir, o irmão Adriano e uma irmã Patrícia que além de ser professora e turismóloga tem muita tendência para arte.Por tudo que vi do Ator Erom, na sua tragetória de vida,a sua participação no teatro ,na televisão e no cinema,. ele é um relevante e admirável ator..Eromir(pai) está de parabéns! Com seus quatro filhos (Adriano – arquiteto; Erom- ator; Danielle- biomédica; Patrícia – turismóloga e professora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s