[Dica da Semana] Cirque du Soleil: “Corteo”

noticia_207756_img1_corteo11

Assisti ao espetáculo “Corteo”, do Cirque du Soleil, aqui no Rio de Janeiro, hoje. Nunca havia visto nenhuma montagem do Cirque, e estou babando até agora. As palavras não me alcançam para definir o que vi. É magnífico. Tudo. É como se desse um novo significado para a palavra espetáculo – e para um espetáculo maravilhoso, também. Nenhum trecho exibido na televisão faz jus ao que se vê ao vivo no picadeiro. Sempre soube que as peças do Cirque eram grandiosas, em parte por essas imagens aleatórias com as quais havia tido contato, mas só pessoalmente se tem a dimensão do trabalho de cada pessoa envolvida. Não há espaço para erros. Eles são perfeitos no que se propõe, e se propõe a elevar o nível do que conhecemos.

“Corteo” conta a história de um palhaço que acorda no próprio funeral, em um ambiente entre o terrestre e o celeste, no que parece ser um sonho. A descrição soa macabra, eu sei, mas o clima é festivo e não fúnebre. Tudo é muito lúdico, agradável para todas as idades. São 41 artistas no palco giratório, incluindo atores, acrobatas, trapezistas, malabaristas, equilibristas, cantores e uma banda ao vivo. O grande barato é que o espetáculo, dividido em dois atos e distribuído em 150 minutos de duração, mescla diversas manifestações artísticas: teatro, música, dança, pintura e circo. Sem falar em todos os figurinos e adereços cênicos, que são ricos em detalhes e esteticamente impressionantes.

cirque-du-soleil-corteo-promo-photo-23novembro2012-01

Quem assina o roteiro e a direção disso tudo é o suíço Daniele Finzi Pasca, que trabalhou em várias montagens de óperas, como “Requiem” e “Aida”, e também em espetáculos do Cirque Eloize. Ele merece os aplausos, porque tudo está impecável. “Corteo” existe desde 2005 e, no Brasil, passou por São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba em 2013. Neste ano, é a vez do Rio de Janeiro e de Porto Alegre. Depois, a trupe seguirá de viagem pela América Latina.

O melhor é que os ingressos estão em promoção: R$ 240 (com direito à meia-entrada), independente do setor. Quando comprei, não estava nesse precinho camarada, e paguei bem mais caro. Então, aproveite, porque “Corteo” vale cada centavo investido. Quem tem esse dinheiro, não se arrependerá de investir nessa experiência. Eu garanto.

Link oficial: www.cirquedusoleil.com/pt/shows/corteo

Anúncios

Responder a [Dica da Semana] Cirque du Soleil: “Corteo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s