Carta do Tio Léo #6: Ivete, Condenáveis, monografia e o tempo

Oi querido(a) leitor(a) (se é que existe alguém aí!),

Junho foi uma loucura pra mim, e realmente espero que não tenha sido sequer parecido para você. Foram tantos altos e baixos que cheguei esgotado – em todos os sentidos – ao fim do mês. Mas, como sei que “não está fácil para ninguém”, não quero vir aqui me lamentar, embora isso pudesse ser bem divertido também. Eu gosto de reclamar. Não nego. Mas vamos falar de coisa boa! (e não é a iogurteira Top Therm)

Para começar, consegui entregar meu livro para o cineasta Matheus Souza e para a cantora Sandy. Agora, não tenho mais nenhuma cópia de divulgação em casa e preciso encomendar mais. Mas fiquei feliz com os destinos desses exemplares. A Sandy, pelo visto, não havia recebido o outro que mandei para ela naquela gravação do “Caldeirão do Huck” (onde será que foi parar, então?). Ela parecia surpresa de eu ter escrito um livro e foi convincente ao dizer que o leria. Espero que leia mesmo.

Estive com ela na gravação de “Um Banquinho, um Violão”, um DVD da Universal Music, com vários artistas. Foi um dos melhores encontros com a Sandy desde que eu era criança, porque senti que ela estava me respeitando como profissional, e isso é muito importante pra mim. Além dela, a Ivete Sangalo também estava lá e pude entrevistá-la, junto com mais dois repórteres. Ela é incrível! Ri do início ao fim com o jeito dela – totalmente elétrico. Ela não consegue se concentrar em nada, porque está ligada em tudo que acontece ao seu redor: quer tirar foto com todos, cumprimentar a todos, fazer a social com todos. É uma loucura! Deve ser difícil ser Ivete. Mas é por isso que todos gostam dela…

Também estive com a Anitta, essa cantora de funk melody que está fazendo sucesso com “Show das Poderosas”. Escrevi uma resenha sobre o show a que assisti, caso não tenha visto. Pude entrevistá-la rapidamente, e é legal presenciar um artista em ascensão, por mais que eu não seja fã do seu trabalho. É interessante poder analisar os erros e acertos do início de uma carreira. Uma amiga minha está trabalhando com ela (Erica, na foto acima), então só tenho motivos para torcer 😉

Mudando completamente de assunto, há a monografia. Consegui escrever mais do que esperava neste mês e estou finalizando o segundo capítulo, de certa maneira. O problema é que ando muito inseguro quanto a esse trabalho. Queria estar mais confiante sobre o que estou fazendo. Conversarei com meu orientador sobre isso. Tenho que acreditar no que estou fazendo, senão ninguém vai acreditar, né?

Que medo! Monografia da pós-graduação chegando ao fim! Como a vida corre… Tudo passa rápido demais. Acho que tenho um ritmo mais lento que o do relógio – deve ser herança biológica da família mineira da vovó. Minha impressão é que cresci rápido demais, estou envelhecendo rápido demais e o calendário anual é descartado rápido demais. Dá vontade de gritar “para!”. Não consigo fazer tudo o que quero desse jeito. Bate um desesperozinho imaginar que o tempo pode seguir, me deixando pra trás.

Eu sou a pessoa mais neurótica que conheço com relação ao avanço do tempo, mas não quero ficar falando disso aqui. Era para ser um post positivo. Só que eu me lembro que vamos entrar no SEGUNDO SEMESTRE e, bem, piro. Segundo semestre de 2013! 2013! Pisca só para você ver se daqui a pouco já não é 2023. Não me surpreenderia.

Até lá. Ou até julho mesmo,

Tio Léo

Anúncios

2 respostas para Carta do Tio Léo #6: Ivete, Condenáveis, monografia e o tempo

  1. Gildete Azevedo

    Deve ser difícil mesmo conversar com Ivete, ela é uma danada.Gostei do fala Leonardo. Em relação ao ano , está passando que é uma verdadeira loucura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s