“Momentos são esses que não vão voltar”

Eu sou bem focado e neurótico com relação ao meu futuro – acho, aliás, que, de todos os ambientes que frequento, sou a pessoa que mais pensa nisso – mas também remoo minha história como ninguém. Gostaria de dizer que só olho para frente e que “quem vive de passado é museu”, mas não poderia estar mais longe da verdade. Youtube, para mim, é uma ferramenta perigosa, por exemplo.
– Voltou ao passado? – minha mãe pergunta quando me pega viajando no tempo.
– Voltei.
Quando revejo vídeos ou fotos antigas, de momentos especiais da minha vida, consigo sentir exatamente a mesma emoção do instante imortalizado. Rio, choro, sinto desespero e me apaixono de novo. O arrepio é na pele e na alma. De certas situações, o distanciamento não chega nunca. Tenho a sorte de, antes dos 18, ter vivido muitas experiências inesquecíveis e emocionantes. Quando volto ao passado, não tenho dúvidas sobre a época mais feliz da minha vida. Foi aquela.
Às vezes, me pergunto se já vivi o melhor que eu tinha para viver. É duro seguir em frente sem a certeza de que os dias mais felizes serão superados. Mas, também, é satisfatório saber que, pelo menos, tive a felicidade de ter sentido tudo o que senti. Aquelas experiências não caberiam hoje, mas couberam naquela época. Preencheram uma lacuna e me marcaram para sempre. Até as tristezas eram bonitas.
Com certeza, sou uma pessoa melhor hoje do que ontem, mas sinto falta de antigas características minhas. Sei que nunca mais serei ingênuo e apaixonado daquela maneira, o que é triste. O amor devotado, que não pedia nada em troca, foi exclusivo daquela fase. Hoje em dia, todo amor quer reciprocidade. Devoção pede devoção. Por isso falo em ingenuidade.
Fui feliz. Não é maravilhoso que a minha nostalgia não tenha a ver com escola quando eu penso em infância e adolescência? Não penso em recreio, eu penso em viagens. Não penso em turma, penso em grupo. Não penso em provas, penso em aventuras. Tive sorte. Só não digo que sinto saudade, porque ainda carrego tudo no meu coração.

Anúncios

Responder a “Momentos são esses que não vão voltar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s