Telefonema na madrugada

Telefone toca de madrugada. Estico a mão para atendê-lo, mas titubeio na hora H. Deve ser trote. Ele soa mais uma vez. Fico com medo que minha mãe acorde com o barulho. Telefone parece que toca mais alto fora de hora. De novo. Atendo desesperadamente, certo de que minha mãe acordará.

– Alô?

– Leozinho?

Não é trote. Ou é. Mas, neste caso, é de alguém conhecido. Só os parentes (ou os amigos querendo tirar sarro) me chamam assim. Acho estranho. Não estava preparado para um telefonema convencional às 3h30. Preferia que fosse trote. Eu poderia desligar o telefone na cara do engraçadinho. Espero que não seja um amigo bêbado. Estava prestes a me deitar, com graus de tolerância e paciência baixos.

– Oi.

A pessoa responde alguma coisa que eu não entendo. Sequer tenho certeza se é português. Será algum amigo gringo? Que amigo gringo tem meu telefone residencial? Nenhum. Eles também não me chamariam de Leozinho.

– Oi. – repito.

Sinto uma agitação do outro lado da linha. Será trote, afinal? Considero dar um fim à ligação. Só não tenho 100% de coragem por causa do Leozinho. Por que a pessoa me chamou assim hein? Se não tivesse falado nada, eu já teria desligado, decidido e despreocupado.

– Quem tá falando? – pergunto.

Por fim, obtenho uma resposta compreensível. Não é trote. Quem fala, como imaginado, é uma parente. Uma tia. A notícia não é boa. É fatal. Nenhum telefonema na madrugada traz boas novas. Eu deveria saber disso. Notícia boa espera a hora do almoço. Minha mãe acorda para não dormir mais.

Responder a Telefonema na madrugada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s