Demian Bechir, o patinho feio do Oscar 2012

Esse post faz parte da maratona do Oscar

Brad Pitt, Gary Oldman, George Clooney, Jean Dujardin e, no meio deles, o mexicano Demián Bichir. É natural que o latino seja ofuscado quando colocado ao lado dos astros do cinema. Mas os membros da Academia acharam que valia a brincadeira e indicaram Bichir à categoria de Melhor Ator do Oscar deste ano. Ele é o patinho feio da turma, aquele sem torcida, mas concorre de igual para igual com os demais.

Aos 49 anos, o ator, que já interpretou Fidel Castro nos dois “Che”, chega ao melhor momento de sua carreira com “A Better Life”, o filme de Chris Weitz que lhe rendeu a indicação. Na história, ele dá vida a um imigrante mexicano nos EUA, tentando conquistar melhores condições de vida para ele e o filho rebelde, enquanto uma maré de azar invade sua vida.

Sua atuação é serena e estável na maior parte do filme, que guarda as cenas mais comoventes para o fim, desfazendo o mito do sonho americano. Em alguns pontos, a trama lembra “À Procura da Felicidade”, com Will Smith, só que menos melodramático. O texto é seco e toda a extravagância é apresentada pelo filho (José Julián), que contrasta com a pacificidade do personagem de Bichir.

O mexicano até teria chances na disputa pela estatueta – que está entre George Clooney e Jean Dujardin – se “A Better Life” tivesse tido alguma repercussão. O filme estreou em apenas quatro salas nos EUA e, embora tenha chegado a ser exibido em 216 salas depois, saiu de cartaz com apenas US$ 1,7 milhão de arrecadação nas bilheterias. Ou seja, um fracasso de público. Mas foi bem de crítica. Segundo o site Rotten Tomatoes, a média de aprovação é de 85%, um grande feito.

Mas muitos membros da Academia não devem ter assistido ao desempenho de Bechir e isso pesa. Outro problema é que muitas das cenas têm diálogos em espanhol e é sabido que os americanos não gostam de ler legendas. Sem contar que foi em 1957 a última vez em que o Oscar foi para um ator mexicano (Anthony Quinn, por “Sede de Viver”). Bechir deve saber disso tudo. Ele tem mais chances no Spirit Awards, o Oscar indie.

Responder a Demian Bechir, o patinho feio do Oscar 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s