Os 20 melhores filmes que você NÃO VIU em 2011

Inspirado na lista dos 20 melhores álbuns que você não ouviu em 2011, do queridíssimo Zeca Camargo, decidi criar a minha lista dos 20 MELHORES FILMES QUE VOCÊ NÃO VIU EM 2011. Os critérios, claro, são totalmente subjetivos e passíveis de críticas (adoro comentários discordantes, se educadinhos). O pré-requisito para entrar na lista é ter popularidade baixa no Brasil.

1. Histórias Cruzadas (2011) – Exibição no Festival do Rio

País: EUA
Direção: Tate Taylor
Roteiro: Tate Taylor, baseado no livro de Kathryn Stockett
Elenco: Emma Stone e Viola Davis
Sinopse: Jovem jornalista decide escrever um livro denunciando o racismo sofrido pelas empregadas domésticas dos anos 1960, paralelamente aos movimentos pelos direitos civis.
Repercussão: Líder de bilheteria por 3 semanas consecutivas nos EUA; 5 indicações ao Globo de Ouro.
Porque assistir: A história é muito tocante e a atuação da Viola Davis está pra lá de premiável.

2. Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual (2011) – Exibição em circuito limitado

País: Argentina
Direção: Gustavo Taretto
Roteiro: Gustavo Taretto
Elenco: Javier Drolas e Pilas López de Ayala
Sinopse: Dois jovens solitários, vizinhos de quadra em Buenos Aires, que nunca se encontram.
Repercussão: Ótimas críticas.
Porque assistir: A forma como o roteiro aborda a solidão contemporânea, motivada pela digitalização e globalização, é inteligente e pouco óbvia.

3. Like Crazy (2011) – Sem previsão de exibição em solo nacional

País: EUA
Direção: Drake Doremus
Roteiro: Drake Doremus e Ben York Jones
Elenco: Anton Yelchin e Felicity Jones (além de uma ponta de Jennifer Lawrence)
Sinopse: Um americano e uma inglesa se conhecem e se apaixonam nos EUA, mas são obrigados a namorarem à distância por problemas com o visto dela.
Repercussão: Oito vitórias – de um total de oito indicações – em festivais internacionais.
Porque assistir: De namoro à distância, eu entendo, e esse filme aborda em pouco tempo todos os sentimentos e problemáticas que envolvem esse tipo de relação.

4. A Informante (2010) – Lançado diretamente em DVD

País: Alemanha / Canadá
Direção: Larysa Kondracki
Roteiro: Larysa Kondracki e Eilis Kirwan
Elenco: Rachel Weisz
Sinopse: Baseado na história real da policial Kathryn Bolkovac, que investigou, lutou contra e denunciou o tráfico de mulheres, forçadas à prostituição, na Bósnia pós-guerra.
Repercussão: Cinco prêmios em festivais internacionais e especulação sobre indicação ao Oscar de Melhor Atriz.
Porque assistir: Só a denúncia já bastaria, mas o roteiro é muito envolvente e a força da atuação de Rachel Weisz é impressionante.

5. Não Me Abandone Jamais (2010) – Exibição em circuito limitado

País: EUA / Reino Unido
Direção: Mark Romanek
Roteiro: Alex Garland, baseado no livro de Kazuo Ishiguro
Elenco: Carey Mulligan, Andrew Garfield e Keira Knightley
Sinopse: Crianças são criadas em orfanatos com objetivo de doarem todos os seus órgãos quando se tornarem adultas – compulsoriamente. A única salvação é um mito, que diz que os apaixonados têm direito a mais alguns anos de vida.
Repercussão: Prêmio de melhor atriz (Carey Mulligan) no British Independent Film Awards.
Porque assistir: Porque o roteiro é muito crível, apesar da temática surreal. É quase uma metáfora com a criação dos animais para serem abatidos.

6. 50% (2011) – Previsão de lançamento diretamente em DVD para 2012

País: EUA
Direção: Jonathan Levine
Roteiro: Will Reiser
Elenco: Joseph Gordon-Levitt, Seth Rogen e Anna Kendrick
Sinopse: Jovem de 27 anos descobre que está com câncer, se afasta da namorada e se aproxima da família.
Repercussão: Três indicações ao Spirit Awards e duas ao Globo de Ouro
Porque assistir: A história é emocionante, sem ser piegas, com ótimos momentos bem-humorados.

7. Meu País (2011) – Exibição em circuito limitado

País: Brasil
Direção: Andre Ristum
Roteiro: Andre Ristum, Octavio Scopelliti e Marco Dutra
Elenco: Rodrigo Santoro, Débora Falabella e Cauã Reymond
Sinopse: Morte do pai obriga empresário brasileiro residente da Itália a voltar ao seu país e enfrentar uma série de dramas familiares antes ignorados.
Repercussão: Quatro prêmios no Festival de Brasília
Porque assistir: Pela maravilhosa atuação de Débora Falabella, que sempre dá show.

8. Anderson Silva: Como Água (2011) – Exibição no Festival do Rio

País: EUA
Direção: Pablo Croce
Roteiro: Ramon Lemos, Lyoto Machida, Damaso Pereira e Ed Soares
Sinopse: Documentário sobre a preparação de Anderson Silva para sua grande luta no UFC.
Repercussão: Prêmio de Melhor Direção do 10º Festival de Cinema de Tribeca.
Porque assistir: Pela desmitificação do esporte.

9. Tomboy (2011) – Festival Mix Brasil

País: França
Direção: Céline Sciamma
Roteiro: Céline Sciamma
Elenco: Zoé Héran
Sinopse: Menina de 10 anos se muda para uma nova vizinhança, onde é confundida com menino e assume a nova identidade masculina.
Repercussão: Premiado no Festival de Berlim e no Festival Mix Brasil
Porque assistir: Pelo tratamento delicado dado ao tema e para o questionamento sobre as questões de gênero, tão pouco levantado.

10. O Garoto da Bicicleta (2011) – Exibição em circuito limitado

País: Bélgica / França / Itália
Direção: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
Roteiro: Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne
Elenco: Thomas Doret e Cécile De France
Sinopse: Garoto abandonado pelo pai não se conforma e quer reencontrá-lo a toda custa, se rebelando contra todos que querem cuidar verdadeiramente dele.
Repercussão: Premiado no Festival de Cannes, indicado ao Globo de Ouro e ao Spirit Awards
Porque assistir: Porque é um filme que mescla sensibilidade e agilidade, conduzidas pelo garotinho. Apesar da história ser conduzida por uma criança, soa tão madura. Só vendo. É bom pra caramba.

11. Inquietos (2011) – Exibição em circuito limitado
12. Entre Segredos e Mentiras (2010) – Exibição no Festival do Rio
13. Quebrando o Tabu (2011) – Exibição em circuito limitado
14. Drive (2011) – Exibição no Festival do Rio (estreia marcada para 2012)
15. Toda Forma de Amor (2010) – Lançado diretamente em DVD
16. Redenção (2011) – Exibição em circuito limitado
17. A Tentação (2011) – Exibição no Festival do Rio
18. Sudoeste (2011) – Exibição no Festival do Rio
19. A Novela das 8 (2011) – Exibição no Festival do Rio (estreia prevista para 2012)
20. Corações Perdidos (2010) – Exibição em circuito limitado

Anúncios

3 respostas para Os 20 melhores filmes que você NÃO VIU em 2011

  1. ¿Y qué pasó con los otros 10? ¿Te cansaste? JAJAJAJA! Sos copión, eh. Encima me hiciste ver una de ellas

    RESPOSTA DO LÉO – Sabés que apenas los TOP 10 merecen destaque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s