Você aceita vender sua alma até que a morte os separe?

O Diabo queria que ele, com pouco mais de 40 anos, vendesse sua alma. Acreditava que o homem já tinha vivido demais e aproveitado tudo o que tinha para aproveitar. Um casamento fracassado, dois filhos e uma carreira estremecida com uma recente demissão estavam no histórico. Agora era o momento certo para colocar fim em tudo.

– Estou te avisando para depois não dizer que te enganei. Não quero saber de você saindo com os amigos. Se quiser se divertir, será comigo. Se não posso ir junto, não vai se divertir.

O Diabo assumia a forma de sua futura esposa, deixando claras as regras do suposto casamento.

– Se quiser sair com os amigos, será todo mundo acompanhado de suas mulheres. Eu hein.

O Diabo propunha onipresença.

– Sei muito bem como é isso. O álcool entra, chega uma piranha, os amigos fazem pressão.. “Olha lá, tá te dando mole!”. E rola. Não estou aqui pra isso.

Ele gostava dela. Mas também dos amigos.

– São péssimas influências, tudo alcóolatra. Homem que sai pra beber em pleno dia de semana, para mim, é alcóolatra. Não trabalha, não tem mulher. Não percebem para onde tão caminhando.

Ouvindo assim…

– É o quê? Pelo visto você não mudou nada. Vai ser assim ou não vai ser.

E ele vendeu a alma para um período de testes. Acontece.

OBS: Nada contra casamento. Acho lindo, quando saudável. Apenas queria compartilhar essa história.

Anúncios

Responder a Você aceita vender sua alma até que a morte os separe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s