Miley Cyrus catequisa fãs do Rio de Janeiro com show de rock

O show de Miley Cyrus no Rio de Janeiro nesta sexta-feira seguiu a linha dos outros realizados pela América Latina: menos pop e mais rock. A maioria das músicas da cantora está repaginada com doses cavalares de guitarras, bateria e sacudidas de cabeça (ela gosta disso). Sem contar os covers de Joan Jett e Nirvana. “São artistas que me inspiraram e que espero que inspirem vocês também”, ela diz. O show daquela menina que ficou famosa como Hannah Montana não tem nada de infantil. É de gente grande.

Mas na plateia que esgotou os ingressos ainda predominam as crianças. Meninas principalmente. A maioria emocionada. “Eu esperei por isso cinco anos!”, se escuta como explicação. O público infanto-juvenil leva cartazes, balões coloridos e compra aqueles acessórios luminosos na entrada do HSBC Arena. “Nunca vi cartazes tão lindos”, agradece Miley, tentando ser simpática.

Ela se esforça nesse ponto: acena, manda beijos, faz coração com as mãos, sorri o tempo inteiro e até veste uma camiseta jogada por uma fã no palco. Mas, no geral, ela está vivendo o seu momento (com a banda de cinco músicos e duas backing vocals e os oito dançarinos). “Vocês aqui do Brasil são a verdadeira razão para eu ter feito essa turnê. Muito obrigada, vocês são demais”, fala, logo após desejar feliz aniversário à mãe, que acompanha ela nas viagens da turnê.

Mas Miley também reclama do calor durante a apresentação e pede para que os fãs se acalmem e respirem fundo para que ninguém passe mal. Talvez ela não veja, mas dúzias deles são carregados em macas desmaiados ou a ponto de. A criançada não aguenta a pauleira que ela está propondo. Mas ela sim.

A cantora tem total domínio de palco. Corre de um lado pro outro sem deixar nenhuma parte da arquibancada de fora do show.  Ela vibra e parece se divertir o tempo inteiro (principalmente quando consegue colocar os fãs para pular muito ao som de “Smells like teen spirit”, de você sabe quem). Diferentemente de ‘Landslide’, de Stevie Nicks, que ninguém sabe cantar e apenas tira fotos.

Quem foi para escutar as músicas da série da Disney (talvez aquelas meninas nas cacundas dos pais), teve uma surpresa. Nem o cenário nem o figurino remetiam a isso. O palco mais parecia um galpão abandonado com todos aqueles andaimes e escadas. Já o vestuário se revezava entre sexy e gótico. Mas ninguém notou. Os fãs estavam ali apenas para ver a ídola, seja Miley ou seja Hannah. Não importa o que ela fosse cantar. “Eu queria mais”, centenas de meninas falaram quando o show acabou.

Por Leonardo Torres
Publicado no SRZD
http://www.sidneyrezende.com/noticia/131071+miley+cyrus+catequisa+fas+do+rio+de+janeiro+com+show+de+rock

Anúncios

Uma resposta para Miley Cyrus catequisa fãs do Rio de Janeiro com show de rock

  1. Felipe L

    Ela tem essa mania de rock mesmo, nunca vi. E a demi que tem a cara de roqueira louca. hahahahaha
    Mais o show deve ter sido muito bom !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s