Viagem ao passado – Parte 2

Fico feliz de poder fazer viagens ao passado de vez em quando. É como se fosse reunião de ex-alunos de escola. Não que eu já tenha ido a uma, mas assim imagino que seja. Talvez essas viagens tenham uma carga sentimental maior. Desconfio que sim. “É inexplicável isso que a gente sente. É muito forte e é para sempre. Não tem jeito. A gente fala, mas ama para caramba”.

Parece que nunca dá tempo de falar com todo mundo. É gente demais. É história demais. Momentos inesquecíveis… demais. “A gente ia para cada fim de mundo, lembra? Itagualonge! Abafa!” Para onde olho, rostos conhecidos automaticamente referenciados.

“O sentimento era de união, né? Eu sentia isso. Era de verdade, não era? Era família”. Talvez ainda seja. Os nossos sentidos nos enganam, já dizia Platão. “Mudaram as estações, nada mudou, mas eu sei que alguma coisa aconteceu, tá tudo, assim, tão diferente”. Essa viagem envolve também sensações físicas. Um arrepio na pele. É muito forte.

“Não voltaria a fazer nada do que fizemos. Mas foram os melhores anos da minha vida, não tenho dúvida. E tenho certeza que vão sempre ser. A gente viveu isso aqui 100%, nos entregamos totalmente, era a nossa vida. A gente achava que não era, mas era. Lembra como ficamos sem chão quando acabou? Eu não sabia o que fazer.”

Quem ouve, não entende e acha que somos perturbados. Não me importo. Se eu não me importava na época, agora menos. Só sabe quem viveu. E como foi bom viver! Que prazer… Quanta história, quantas vidas interligadas, quanto sentimento… “Tudo vale a pena, se a alma não é pequena”.

Uma resposta para Viagem ao passado – Parte 2

  1. Cara, que lindo o q vc escreveu, confesso q fiquei arrepiada. Pq é bem isso ai. Valeu a pena, mas acho q paramos na hora certa. Não faria de novo tbm, mas o q eu fiz, foi inesquecivel e inexplicavel. Ninguem nunca vai nos entender, mas nem precisa, nos entendemos e isso ja bastava.

    Hoje é sentimento de saudade, pq eramos aciduos né? A união era a coisa mais linda. realmente uma familia. Chamava todos de primos, numa intimidade…Parecia BBB, pelo tempo q ficavamos todos juntos.

    Quantos lugares nós fomos q sequer conheceriamos se nao fosse por um motivo desses?
    Eu jamais pensaria em ir a Muriaé c surto de minigite!

    Rever todos no sabado foi otimo. Conhecia todos ali. muito bom.

    Saudades desse tempo..desse tempo q nao volta mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s