Britney Spears + Femme Fatale = Por que ela não parou ainda?

Ler ouvindo: ‘Till the world ends

Ela quis (ou quiseram por ela) se reinventar. Os dois primeiros singles do álbum lançados por Britney Spears, Hold it against me, que eu cheguei a comentar aqui, e ‘Till the world ends apostaram no gênero eletrônico. As faixas produzidas por Martin, Dr. Luke e Billboard funcionaram e agradaram os fãs. Mas não chegaram a representar um novo rumo, se analisarmos bem. Entre os compositores da segunda música, que é a que abre o CD, estão a cantora Ke$ha, que faz a música pop de sempre, e Max Martin, que escreve músicas para Britney desde o início de sua carreira.

Embora boa parte do novo álbum siga a mesma vertente dessas músicas, há músicas cuja sonoridade lembram os últimos trabalhos da cantora, Circus, Blackout e até In the zone. Quase desconfiei que essas faixas sobraram nesses discos e foram reaproveitadas agora, mas como diria Zeca Camargo: eu divago… Inside out, por exemplo, tem a mesma estrutura de sempre: diminuição do volume dos instrumentos para um gritinho repentino (?) de Britney. Seal it with a kiss soa mais do mesmo, Trouble for me entraria facilmente em Blackout, Gasoline tem todo o conceito de Circus e me arrisco a dizer que Trip to your heart sofreu uma repaginada, mas não esconde: sobrou do In the zone.

Mas vale lembrar: nenhuma dessas foi escolhida para música de trabalho. São apenas canções para compor um álbum, perdido em si mesmo, em vez de lançar um EP (Britney não é mulher de EPs). Não são essas músicas que ela (ou melhor, eles, da gravadora) quer mostrar. A nova agora é essa Britney que não precisa de remix, cujas músicas já foram feitas especialmente para a pista de dança. É o caso de I wanna go (I-I-I wanna go-o-o all the way-ay-ay taking out my freak tonight / I-I-I wanna show-o-o all the dir-ir-irt I got running through my mind) e (Drop dead) Beautiful, que tem uma inútil participação de Sabi (mesmo caso de Big fat bass com Will.i.am). Aposto nessas duas para próximos singles, se meu raciocínio estiver correto.

Isso de lançar Britney Spears como gênero eletrônico, tentando reposicioná-la em um mercado ameaçado por Lady Gaga, é um bom caminho. Mas o álbum inteiro deveria ter apostado nisso. Parece que houve medo de se arriscar e lançaram junto um bom grupo de faixas para agradar os fãs fiéis (mas eles gostariam de qualquer coisa!). Ou não conseguiram mesmo extrair da cantora nada novo e lançaram material engavetado (acredito mais nisso). De qualquer forma, os singles e a nova vertente são favoráveis para ela, pois abusam dos efeitos sonoros, sua voz é completamente modificada (de uma música para outra, no mesmo disco, se percebe a diferença) e seu timbre fica quase irreconhecível.

Britney não precisava disso. Podia ter parado antes. Tá virando Cindy Lauper, com 59 anos, cantando música de garotinha. Femme fatale me parece fatal apenas para a própria carreira. Quase um tiro no pé ao atirar para todos os lados. Sem contar que a cantora não demonstra mais força alguma para recomeçar em um novo estilo musical. Já notaram como ela parece um zumbi empurrado de um lado para o outro? “Trabalha, trabalha”. Por trás daquela maquiagem e cabelo bem feito, está uma pessoa que nem deve ter noção do que está fazendo. Foi-se o tempo.

Faixa preferida: Criminal, a última do CD, é quase boa. Tem uma sonoridade diferentemente agradável. Nem tanto pra terra, nem tanto pro mar. Gostei.

Anúncios

8 respostas para Britney Spears + Femme Fatale = Por que ela não parou ainda?

  1. Jessica

    HAhahahaha. Adoro ver que os fãs da Britney são completamente intolerantes com a opinião alheia, e sempre foi assim…
    Sempre fui muito fã da Britney, na adolescência acumulava pastas com reportagens, fotos etc. Tenho todos os Cds, porém em conjunto com Britney sempre fui muito fã, também, da Christina Aguilera e apesar de saber que Britney sempre esteve a frente da Chris em números de fãs e “protetores”, hoje sou muito mais fã da Chris.
    Apesar do fracasso do último album, ela é uma cantora mais completa, canta bem, dança bem e está por trás de todos os seus projetos, sempre palpitando aqui e ali, fazendo sua vontade ser ouvida sempre que possível.
    Britney caiu no momento em que entrou com as drogas, alcool etc. Concordo com você, Leo. Já é hora da Britney parar. Ela não tem mais pique nas performances, continua cantando por obrigação, o corpo dela parece pedir descanso e os olhos clamam por “piedade”, como se pedisse pra que sentíssemos que ela sofre e precisa parar. Ela sempre será a princesa do POP, mas acho que a carreira dela…já deu. Junto com Britney, Mariah Carey também já pode se aposentar. São duas celebridades que mudaram o mundo da música, deixaram sua fama e seu nome, mas como tudo tem seu tempo, acchava digno ela parar agora, antes que desmorone perante nossos olhos novamente.
    E sinceramente, como fã não quero vê-la passar por tudo que passou novamente. Ela não merece e tem dois filhos pra criar e amar.

  2. […] Femme fatale. O seu álbum sim trouxe algo diferente, embora não tenha se arriscado totalmente, como eu já comentei aqui anteriormente. O problema é que, na minha opinião, nem assim ela acertou (mas Britney é um caso à parte, que […]

    • will

      Sinceramente sua resenha foi deprimente e presunçosa.
      O cd é bom e sinto por você não achar o mesmo.
      Não sou nenhum fã da Britney, mas dizer que o cd é mais do mesmo… Pior ainda é afirmar que o album lembra os anteriores… Pensar desta forma é não ter visão de futuro.
      A única coisa que concordo contigo é que não será preciso remixar as músicas, já que foi feito para as pistas. Mas perae, esta não é a proposta? faltou informação… rsrsr
      Outra:
      “Tá virando Cindy Lauper, com 59 anos, cantando música de garotinha”
      Meu vc não entende nada de música. Já ouviu o novo album dela? Aliás já ouviu algum cd dela dos anos 90 para ca? Desculpe, porém faltou fonte… de novo…
      A pior afirmação:
      “Isso de lançar Britney Spears como gênero eletrônico, tentando reposicioná-la em um mercado ameaçado por Lady Gaga, é um bom caminho.”
      Perae, que mercado a LG ameaça?
      Ela irá flopar!
      Não tem para onde crescer. As pessoas estão se cansando dela.
      Adoro a estravagância da Lady, Tenho cds e sempre está na minha playlist, mas infelizmente não irá muito longe.
      O mercado não dá suporte para esta pessoa tãoooo moderna.
      Diga-se de Born This Way. De novo hino gay, virou piada.
      Desculpe, mas música pop/eletronica/rock pop não foi ela quem inventou. Faltaram muitas fontes…

      De qualquer forma parabéns pela página 🙂

  3. João Terceiro

    A impressão que tive ao ler esse post sobre a Britney, foi de alguém muito fã da Lady Gaga (revoltadíssimo) depois de ouvir o Femme Fatale. Não é segredo pra ninguém sobre a voz da Britney, sempre foi alterada em estúdio MESMO. Aliás, atire a primeira pedra se existe algum cantor que não faça isso. Eu sempre digo que aparentemente, a Britney parece cansada do que faz, e faria tudo para tornar-se desconhecida. E que continua gravando álbuns por obrigação. Como fã, sinto falta de divulgação e performances. Mas ela sabe que não precisa disso para fazer sucesso, sabe que tem fãs que nunca irá abandona-la, afinal, ela é a Princesa do Pop. Aprendi a ter respeito pelos mais velhos e também pelas pessoas de uma certa experiência de vida e carreira. As “modinhas” não podem fazer dos experientes pessoas decadentes. E é injusto negar a importância da Britney no mundo pop, é tentar camuflar a infância e a adolescência dos que gostavam, claro. É sabido que não se faz música como antigamente, Born This Way, como prometido pela Gaga, seria o novo hino gay, quando na verdade I Will Survive nunca perderá o posto. A Madonna nunca mais será a mesma de Like a Virgin, assim como a Cyndi com Girls Just Want To Have Fun, Whitney Houston tentou voltar sem sucesso, e por aí vai… enfim, existem músicas que marcam e que sempre fará parte de um determinado período. E hoje tem espaço pra todas, boas ou rins, sempre terá alguém pra gostar.

    RESPOSTA DO LÉO – Detesto Lady Gaga. Prefiro Britney mil vezes. E com certeza ela tem (ou teve) a sua importância no pop, ninguém questionou isso. Mas, se continua trabalhando, deve fazer juz a isso. A impressão que eu tenho é a mesma que você: que ela não está ali por prazer. Quanto a ter espaço para “todas, boas ou ruins, sempre terá alguém pra gostar”… infelizmente é verdade.

  4. Pessimo a sua materia. Desculpa, mas quem é vc?
    Se liga…Britney e Britney. Sera para sembre lembrada no mundo da musica. e você um simples blogista. Vai trabalhar escrevendo anuncios de classificados!
    Britney tem uma grande carreira, ganhou diversos premios ela é uma celebridade e rica de mais, tendo renda sobrando para sustentar ate seus netos. e quem é você, o que você tem hoje? seu nada! nada! Nunca mais fale mal da minha diva. e se falar toda fez que escrever eu vou contestar, e mais vou reunir todos os membros da comunidade britney spears oficial e vamos fazer varios forum a respeito de seu insignificante trabalho. nos do site x-britney colocará uma materia a respeito disso. Cuidado isso pode acabar com a sua pessima carreira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s