Eu só queria ver “Bruna Surfistinha”….

Saio do estágio às 20h. A sessão de Bruna Surfistinha que eu queria ver era às 21h20. Geralmente, eu chego em casa 21h15. O cinema é no meio do trajeto entre o trabalho e a minha casa (não exatamente no meio, mas você entendeu). Ou seja, dá tempo. Pelo menos, foi assim que eu pensei.

O primeiro de dois ônibus que eu tomo demorou 25 minutos para aparecer, o que começou a colocar em dúvida se eu chegaria a tempo para o filme. “Mas tem trailer…”. Acredito que o atraso tenha a ver com a chuva. Porque, para completar, chovia. Nenhuma tempestade, mas o suficiente para me fazer abrir o guarda-chuva e brincar de girá-lo acima da minha cabeça, despertando a ira dos que me cercam e se molham.

Finalmente no ônibus, peguei um dos poucos lugares vazios e abri o livro que estou lendo (Os irmãos Karamazov). Logo, o lugar lotou e, para completar, entrou uma velhinha carregada de bolsas. Ninguém cedeu o lugar à ela. Esperei mais alguns segundinhos para ver se alguém se tocava. Ninguém. A galera não estava mesmo disposta a levantar (e para isso valia até fingir estar dormindo). “Senta aqui, senhora…”. Pelo menos, ela carregou a minha mochila.

Tentei me concentrar na música que tocava no meu ouvido em vez do cara que me dava mole sinistramente. Ele tinha uma cicatriz no rosto que poderia despertar o interesse de muitas pessoas, mas em mim despertou foi medo. “Será que esse engarrafamento vai durar muito tempo?”, pensei. Durou.

Troquei de ônibus com 15 minutos para a sessão começar. Já sabia que entraria na sala com os trailers passando. Mas não me importava com isso, desde que visse o filme inteiro. Cheguei ao meu ponto. Saí correndo para o shopping segurando a calça para ela não cair. Deixei o cinto em casa (anotar: usá-lo amanhã).

Subi as escadas rolantes correndo e ultrapassando as pessoas, o que, cá entre nós, é extremamente deselegante. Mas este não era o meu dia de esbanjar etiqueta (desculpa, Glorinha Kalil). Qual é! Eu tava indo ver Bruna Surfistinha!

Cheguei ao cinema. Bufando. Louco por um copo d’água. Vai saber a última vez que eu corri… Entrei na fila. Abri a carteira, peguei a carteirinha e o dinheiro para adiantar. Olhei para frente. Na bilheteria, o seguinte cartaz:

BRUNA SURFISTINHA

SESSÃO 21H20

ESGOTADO

Responder a Eu só queria ver “Bruna Surfistinha”….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s