Como perder uma oportunidade de emprego em 3, 2, 1…

10 da manhã. Telefone toca. O que será que a minha mãe quer uma hora dessa?

– Alô?

– Alô, o Leonardo está?

Claramente, não é minha mãe. Se não é ela, não tenho obrigação de falar com ninguém uma hora dessa. Tô aqui há horas tentando dormir nesse calor e agora mais essa? Ninguém vai arruinar o meu sono.

– Não está não.

Falei isso e senti uma série de medos. 1) De ser alguém conhecido e ter reconhecido a minha voz; 2) De ser algo importante; 3) De não conseguir dormir mais imaginando quem seria.

– Quem gostaria de falar com ele?

– Sou de uma agência para a qual ele mandou o currículo. Mas eu tenho o celular dele. Vou ligar.

– Ah, liga sim.

– Tchau.

– Tchau.

Ela vai ligar para o meu celular! A-go-ra! Tenho que disfarçar a voz! Comecei a treinar. Como eu estava muito sonolento nessa ligação, estaria esbanjando energia e alegria na próxima, uma vibe alto astral – o que seria ótimo para um próximo emprego. É isso aí. Comecei a treinar falar alto e sorrindo, mesmo com sono. Xô preguiça!

Em vão. Não me ligaram mais.

Anúncios

Responder a Como perder uma oportunidade de emprego em 3, 2, 1…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s