Mundo da imaginação

Local: Rio Comprido – bairro carioca conhecido pelo perigo.
Cena: Viaturas paradas ao redor do canal, policiais olhando para baixo, procurando não se sabe o quê. Thati e Léo passando do lado, dentro do ônibus.

– O que será que aconteceu?
– Alguém morreu!
– Será?
– Óbvio! Tão olhando pro canal! Jogaram o corpo ali!
– Pode ter sido um assalto.
– Não! Mataram o cara naquele motel ali e jogaram o corpo aqui. Se inspiraram no Saulo!
– Fato! Mas pode ter sido um assalto.
– Claro que não! Por que iam tá olhando pro canal?
– O bandido jogou a bolsa da mulher ali.
– Tão olhando tanto pra uma bolsa?
– Não sei, Leonardo, tô tentando desvendar o crime!
– Claro que não. É um corpo que tá boiando. Mergulhando que o bandido não tá.

Uma resposta para Mundo da imaginação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s