Carta do Tio Léo

Oiê, tudo bem?

Outro dia li uma apostila sobre blogs que criticava os que funcionam como diários virtuais, porque soam como auto-promoção. “A vida de ninguém é interessante todo o tempo.” É verdade. Mas eu sei dar o mínimo de importância a eventos corriqueiros do dia-a-dia, então estou quebrando essa regra. Hoje eu quero falar banalidades e contar as novidades.

Viu a festa de 20 anos da MTV? Foi bem cansativa (até porque antes de chegar lá, eu torci o meu pé), mas também muito divertida. Mudei a visão que eu tinha de um monte de gente – tanto para o bem quanto para o mal. E conheci o Caetano Veloso!!! Assisti a sua apresentação da primeira fila, babando, admiradíssimo. Depois, falei com ele atrás do palco, fiz umas perguntas para o meu trabalho da faculdade (e ele foi super solícito), não resisti e pedi uma foto. Mas é Caetano, é perdoável. Fiquei ainda mais fã do cara. Lá também encontrei a Raffa, o que é sempre uma diversão.

Fora isso, sigo com a minha busca por um emprego. Envio mil currículos e de alguns tenho retorno. Algumas pessoas fingem que vão me ajudar e não ajudam. Outras me chamam para entrevistas ou provas, as quais eu pareço nunca aprovar. Às vezes, isso incomoda. Todo mundo diz que eu sou bom e não entende como estou desempregado, mas fica só nisso. Queria saber porque não consigo nada. Os empregadores podiam ao menos justificar para eu saber o que é que estou errando, né? Mas tudo bem… de qualquer forma, parece ter começado uma maratona de programas de estágio. Provas e mais provas online. Espero ter bons resultados.

Outra preocupação é a faculdade. Você não sabe como eu odeio esses trabalhos mirabolantes que alguns professores inventam – principalmente (e geralmente são) os de grupo. Há um que teremos que produzir um telejornal e não tenho a menor idéia do que faremos (e como). Stress. Não sei se fico mais nervoso com a tarefa ou por notar que ninguém sequer pensa nisso. As pessoas são tão tranquilas! Queria ser assim – mas só em outra vida. Perderia totalmente a minha essência encarar tudo com descaso.

Fora isso tudo, sigo borbulhando de idéias, pensamentos e, muitas vezes, dúvidas. Bem humano – e desinteressante.

Até a próxima,

Leonardo Torres


Anúncios

Responder a Carta do Tio Léo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s