Você prefere entregar o aparelho ou levar um tiro?

O cidadão aqui estava apenas querendo voltar para casa depois de uma aula inútil, esperando o seu ônibus junto com outras pessoas do bem. Mas como nada pode ser simples na vida deste cidadão que vos fala, um homem de aparência estranha apareceu repentinamente e veio na minha direção. Diretamente a mim, sem hesitar. É o tipo de ímã que eu tenho: cheio de gente ao meu redor, mas sou eu que atraio esse tipo de situação.

– Não faz escândalo e me passa o aparelho – disse o rapaz em tom ameaçador.

E todos nós sabemos o que se deve ser feito nesse caso: entregar tudo o que ele quer. É o que a polícia, os nossos pais e a televisão nos aconselham. Minha mãe sempre diz que se pedirem as minhas roupas… é para eu as entregar também. Nunca perguntei sobre a minha alma, mas acho que ela diria para dá-la sem pensar duas vezes. Não pode discutir, porque essas pessoas estão cheia de drogas na idéia, ela diz. Então, foi isso o que fiz:

– Iiiiih! – respondi, em tom de ‘sai pra lá! não me enche não!’, enquanto quem me afastava era eu, fazendo sinal para qualquer ônibus.

Thati, uma amiga, estava comigo, mas até então não tinha entendido o que estava acontecendo. Ela achou que o cara estava apenas pedindo dinheiro. Imagino que ela, pessoa de coração bom, até achou a minha reação exagerada, saindo de perto do pobre pedinte. Mas aí ele resolveu esclarecer o que estava acontecendo para ela ao me dizer:

– Você prefere entregar o aparelho ou levar um tiro? – disse o cara, tentando ser mau, fingindo ter uma arma, com uma mão dentro da polchete.

Pausa para reflexões. Quem chama um celular de aparelho a não ser os vendedores? Quem, em sã consciência, colocaria uma arma dentro de uma polchete? Ainda que fosse verdade, não dá para se assustar com uma polchete – só se for com relação à moda. E que bandido é esse me dando opção de escolher? Achei simpático, mas inexperiente.

Entrei no ônibus que parou e Thati, agora ligadona no que acontecia, obviamente veio atrás – senão ele ia querer era o aparelho dela (que, cá entre nós, é muito melhor do que o meu – e tem crédito!!!). Entrou no busão assim:

– Léo, você tem dinheiro para pegar outro ônibus?
– Tenho.
– Então me empresta.

Porque com a gente é assim: o bandido vem assaltar e tá mais fácil pedirmos dinheiro emprestado para ele. Finos.

Uma resposta para Você prefere entregar o aparelho ou levar um tiro?

  1. Thatiana

    Li para minha mãe ela gargalhou! Eu com dor na barriga de tanto rir, só de lembrar… muito comédia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s