É segredo. Não conta pra ninguém, tá?

Um cara, que vamos chamar de Pato Donald, descobriu que dois coleguinhas de trabalho estavam se pegando e a regra da empresa é clara: funcionários não podem dar uns amassos. Pato Donald conversou com as duas pessoas, falou pra elas disfarçarem melhor, porque se ele descobriu, mas gente poderia descobrir, não é mesmo?

Os dias se passaram e Pato Donald precisava compartilhar esse bafão com alguém. Contou pra Lia (nome fictício) tudo que sabia, com riqueza de detalhes, porque ele é desses. Mas frisou: isso é segredo, não conta pra ninguém, tá? Lia, que é telefonista da mesma empresa, ligou pro seu namorado, que chamaremos de Visconde de Sabugosa: Não conta pra ninguém, pelo amor de Deus!, disse. Visconde também trabalha lá e percebeu que a informação era quente de verdade. Repassou para o seu amigo, Alexandre Frota (nome fictício também hein! Não é uma empresa pornô não), e pediu segredo: A Lia não pode saber que eu te contei hein?.

Quando contou pro Visconde a fofoca, Lia viu que a pegação do outro casal era mesmo muito interessante, porque seu namorado não era de fofoca não e mesmo assim se interessou pelos detalhes. Lia, então, não viu mal em contar para a sua amiga, a outra telefonista, que chamaremos de Mônica. Ela é de confiança, pensou. Mesmo esquema: pediu segredo. Só que Mônica, minha gente, também é filha de Deus e contou tudo pro Alexandre Frota, que fez cara de novidade e fingiu que não sabia de nada ainda.

Com tanta gente contando pra ele esse babado, Frota não se fez de rogado. Resolveu contar pra alguém também. Correu pro Pato Donald e contou tim tim por tim tim. O pato fez cara de surpresa, fingindo não saber de nada, enquanto pensava “A Lia é uma vaca!”.

Indignado, porque só ele sabia da pegação alheia  e havia contado apenas para a Lia, não havia dúvidas: ela estava espalhando sua fofoca por aí. E isso não se faz. Ele pediu segredo, pô. Ele pensou mais um pouco e chegou a outra conclusão: Lia não fala com Alexandre Frota, então tem mais gente aí sabendo desse bafo. Resolveu colocar a amiga contra a parede.

– Lia, pra quem você contou aquela história?
– Err.. eu? Eu não…
– Eu sei que você contou. O Alê veio me contar a história exatamente como eu te contei. Sei que você não fala com ele, então quero saber pra quem você contou.
– Tá bom! Eu confesso: contei pro Visconde! Mas ele é meu namorado, Pato! Eu confiei nele.

Decepcionado com a confissão da amiga, Pato Donald avisou que ia conversar com Alexandre pra saber quem tinha contado a fofoca pra ele e também ia falar com Visconde pra ele não continuar espalhando isso por aí, senão todo mundo ia sair mal. Lia se desesperou com essa história e ligou pra Mônica:

– Mônica, você contou pra alguém aquilo?
– Eu não.
– Jura?
– Juro.
– O Frota tá sabendo. Contou pro Pato Donald. Ele me colocou contra a parede e perguntou pra quem eu contei.
– E o que você respondeu?
(it means: Você me deixou fora dessa, néééeéé?)
– Que falei pro Visconde. Mas fiquei com medo de você ter falado pro Alê. Porque se ele fala isso pro Donald, eu saio como mentirosa duas vezes.
– Não, pode ficar tranquila. Não contei não.
– Então foi o Visconde. Filho da puta. Só queria confirmar.
– Filho da puta mesmo, menina.

– Visconde, você contou aquilo pro Frota, né?
– Contei.
– Quê? Como assim?
– Ué, contei. Você não perguntou isso?
– Mas como você me diz nessa naturalidade!? Eu te pedi segredo!
– Saiu. Soltei. Sem querer.
– Ele contou tudo pro Pato! O Donald veio tirar satisfação comigo. Tô queimada! Nunca passei por isso. Tive que assumir que te contei.
– Caramba! O Frota não tinha nada que ter contado pro Donald. Eu pedi segredo.
– Quem errou foi você! Já disse que tô queimada? Fui confiar em você e olha no que deu? Não posso te contar mais nada que você vai contar pros outros?
– É.
– Aaaaarrrg!

– Alexandre, sabe aquela fofoquinha que você me contou?
– Bafão, né?
– Sim, sim. Quem te falou aquilo?
– A Mônica.
(it means: Não vou entregar o Visconde, meu brother)

– Lia, tá tudo resolvido.
– Como assim?
– O Frota falou pro Donald que quem contou pra ele foi a Mônica e não eu. Então, não temos nada a ver com isso.
– Quêêêê?
– Ele não me entregou. É amigão.
– A Mônica não sabe de nada!
– Ele disse que ela que contou pra ele.
– Mas ela não sabe! Não sabe! Ele quer jogar a culpa pra alguém agora que a merda estourou.
– Pelo menos não foi na gente.
– Eu agora tô pior que antes, Visconde! Acorda. Por isso que o Pato não tá falando comigo. Agora eu entendi.

Resultado:

  • Lia está mais queimada do que nunca com Pato Donald.
  • Mônica está queimada com a Lia, porque disse que não tinha contado pra ninguém e foi desmascarada.
  • Frota está queimado com a Mônica, porque a entregou, e com a Lia, porque piorou o lado dela na história.
  • Visconde não está queimado com ninguém, porque Lia o perdoou. O amor perdoa.
  • Donald tá queimado com todo mundo, porque ninguém gostou dele se sentir o dono da fofoca. O bafão é da galera toda, eu hein.

Qualquer semelhança com a reliadade, não é mais do que mera coincidência.

– Olha no meu olho!

Anúncios

2 respostas para É segredo. Não conta pra ninguém, tá?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s