Climão no quarto do líder

Depois dessa festa, fomos todos dormir na casa do Pablo. Uma vibe colônia de férias: residência cheia de gente muito louca. Lissa, Marcelo, Úrsula (note a ordem alfabética – tenho esse TOC) e eu só queríamos sossego, como a escola de samba parada na blitz da Lei Seca. Depois de fazer o Pablo acreditar que a decisão de dormir fora do próprio quarto foi tomada por ele, colocamos todas as mochilas e roupas da galera pra fora e passamos a chave na porta. Pronto, o quarto do líder era nosso. Somos desses abusados.

Foi um tal de batida na porta. Mas a gente não abria não. Deixávamos quem quer que fosse desistir. Pra entrar, só arrombando. Mas teve um caso especial. A pessoa batia e não desistia nunca. Começou a bater forte pra caramba. Resolvi dar uma chance.

– Quem ééééé?
– Adivinha quem é.

Não adivinhei não, mas fiquei curioso pra saber. Voz cheia de moral. Tinha que ver. Doida pra levar um fora. Abri a porta. Adivinha quem era?

Tia Deise, a mãe do Pablo

– Ooooi, tia! Entra aí! hehe

Anúncios

Responder a Climão no quarto do líder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s