Elementar, meu caro Watson

Ganhei ingressos e fui assistir Sherlock Holmes hoje. A sinopse vocês encontram aqui. O filme é uma aventura cheia de suspense e humor. Não esperava tanto humor na história, confesso. Robert Downey Jr. conseguiu fazer um Sherlock Holmes, acima de tudo, engraçado. O personagem é sim muito inteligente, esperto e perspicaz, mas em alguns momentos também se ferra e chega a parecer tonto. Uma vibe Chapolin Colorado.

Seu companheiro, Watson, é interpretado por Jude Law. Salva Holmes muitas vezes, tem seus momentos de glória, mas – no geral – fica em segundo plano. Notei um sentimento meio homossexual por parte de Holmes para com Watson, sabe. Uma adoração e ciúme fora do comum. Nada recíproco, porque Watson tem uma bela noiva. Mas resolvi googlar pra ver se era coisa apenas da minha cabeça. Não era:

MIX BRASIL (23/12/2009) – De acordo com a mídia internacional, executivos do estúdio Warner Brothers estão vermelhos de raiva porque Downey Jr. não perde a oportunidade de sugerir que o detetive Sherlock e seu fiel companheiro, Sr. Watson, são mais que amigos. (…) Em entrevista recente a David Letterman, Robert Downey Jr. soltou a frase: “Dois homens que moram juntos, lutam corpo a corpo e dividem uma cama. Se são gays? por que não assistimos ao trailer e deixamos o público decidir se Holmes é ou não um gay bem másculo”.

Segue o trailer:

Homosseuxal ou não, Sherlock arrasa. O filme também. E, pra quem gosta, ainda tem a Rachel McAdams. Vale a pena.

Anúncios

Responder a Elementar, meu caro Watson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s