Papai Noel não existe

Carta pro Papai Noel escrita, hora de envelopar. Eu só tinha quatro anos, então era minha mãe que escrevia tudo para mim. Colocou o meu remetente e reparei que escreveu pouca coisa na área do destinário.

– Que que tá escrito aqui, mãe?
– O endereço do Papai Noel.
– Eu sei. Mas qual é?
– Polo Norte.
– Mas e o bairro, a rua, o número? Tá faltando coisa.
– Não, Leozinho. Sabe o que é? Os carteiros sabem onde é a casa do Papai Noel. Muita gente envia carta pra lá.

Fiquei desconfiado. Era evidente que minha mãe não sabia o endereço do bom velhinho. Nem o CEP ela tinha! Era bom aquela história dos carteiros conhecerem a casa dele ser verdadeira ou minha carta jamais chegaria. Mas até que fazia sentido: todo mundo sabe onde é a Casa Rosa, a casa da Xuxa, porque não saberiam onde é a casa do Papai Noel? Deixei passar.

O Natal chegou e com ele meus presentes, o que confirmara a teoria da minha mãe. Papai Noel havia sim recebido a minha cartinha. Esse velho era mesmo um cara legal. Dando presente pras criancinhas e tudo o mais.

– É. Eu arraso.

O tempo passou, Janeiro chegou. Cansei do videogame e fui procurar no armário da minha mãe umas fotos. Adorava ver fotos. O problema é que vasculhar coisas velhas ataca a minha rinite… até hoje. Mas, mesmo assim, lá estava eu futucando coisas cheias de ácaro. E, ali, no meio de tanta coisa velha e esquecida, encontrei a minha cartinha pro Papai Noel. Como assim? Minha mãe esqueceu de mandar? Não. Claro que não. Se ela tivesse esquecido, meus presentes não teriam chegado. Então… então… ela me enganou, né? É. Ela me enganou. Que boboca!

– Mããããããe! Sua mentirosa! Você mentiu pra mim! Papai Noel não existe! Você não enviou a carta! Não acredito mais em você!

Agora, era a hora dela inventar uma boa história que justificasse a carta ainda estar dentro de casa, repetir que Papai Noel existe sim e contornar a minha cena. Mães comuns fariam isso. Minha mãe, claro, não fez. Ela não era do tipo de mulher que tinha paciência para fantasia. Ela disse:

– É. Papai Noel não existe mesmo. Eu que não compre seus presentes não.

– Climão.
Anúncios

4 respostas para Papai Noel não existe

  1. Anelise

    E eu que achei o ''saco do papai noel'' dentro do carro do meu pai kkkkkkkkkkkkk moh decepção!

  2. ela.

    Gente, fato que era uma criança pertubada. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkLeo, chega no polo norte e ponto…. CEP: 0000-00

  3. Thatiana

    UHAAHUAHUAHAHAUAHUAHAHAUAUHA TIA NINA É DEMAIS GENTE! Me acabo com ela! #adoro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s