Dur dur d’être bébé – eu podia ter cantado isso

Eu podia ter sido o Jordy, mas…

Xuxa sempre me disse pra acreditar nos meus sonhos e gritá-los pro mundo, porque se ninguém soubesse dele, ninguém nunca poderia me ajudar. Foi assim que eu cheguei na minha mãe, que tava deitada na cama e falei:

– Mãe, sabe o que eu quero ser quando crescer?
– Não, o que?

Veterinário. Professor. Bombeiro. Astronauta. Essa era a hora que eu devia ter falado qualquer uma dessas profissões e ter dado fim à conversa. Mas não, eu não era desses. Eu falei:

– Eu quero ser cantor.
– Ah, é? E você sabe cantar?
– Sei ué.
– Então canta pra mim.

Qual era a da minha mãe afinal? Tava me testando? Aquilo era uma audição surpresa do American Idol? Eu hein. Mães normais dariam um sorrisinho, diriam ‘que legal’ e passariam a mão na cabeça do filho. Mães que apóiam os filhos comprariam um microfone no dia seguinte e o matricularia em aulas de canto. Minha mãe não. Minha mãe estava ali, fazendo o Miranda.
– Canta pra mim.

E eu cantei, né. Botei a boca no trombone me sentindo a Mili, que na época era a maior referência de ‘cantar bem’ para mim. Eu arrasei nos agudos, gente. Vocês podem imaginar como não foi minha apresentação exclusiva para mamãe. Só não cheguei na melhor parte, aquela hora em que eu ia mostrar que era um artista completo cantando&dançando, porque a minha mãe me interrompeu.

– Não. Tá muito ruim. Tenta de novo.

Como assim tá muito ruim, gente? O que ela entende de música? Minha mãe tava começando a me irritar. Agora ela era a Angélica dizendo que eu não ia pra Academia do Fama? Perguntei porque tava ruim. Ela disse que eu era só desafinação. E cantou pra mim. E aquilo me fez achar que ela era realmente uma ótima cantora, só não tinha sido descoberta. Diferente de mim, que seria.

– Tenta fazer que nem eu fiz.

E eu comecei a cantar de novo.

– Não. Para! Não adianta. Você não tem voz pra isso. Desiste.

Foi assim que não fui Jordy e muito menos Frank Sinatra. Minha mãe dizia que meus desenhos mais horríveis estavam lindos. Então para ela dizer que eu cantava mal, eu devia mesmo ser o erro. Desde então, só dublo.

2 respostas para Dur dur d’être bébé – eu podia ter cantado isso

  1. KRIOK's

    Gente to imaginando vc cantando…rs Não consigo visualizar isso, penso que vc era tipo Jr. Lima cantando no Som Brasil, resfriado e todo contente….kkkkkkkkk Mas de uma coisa tenho certeza, sua mamy que eu achava a mais fofa e mágica de todas as mamys, era um tanto cruel, pois além de não enganar o filho dizendo: "Filho vc arrasou!Vai ser um cantor muito famoso!" ela disse que tava horrível, e não contente te mostrou o que era cantar, fazendo a "Sandy" e te mostrando que nem Wanessa vc poderia ser, to chocada com a Mamys.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s