Às vezes, o melhor é ficar calado

Aviso: Esse post será melhor compreendido pelas mulheres. Homens, eu avisei.

Não sou mulher, mas não há nada que eu goste mais do que uma DR. Falar do que tá ruim pra ver se melhora é comigo mesmo. Falo tudo antes que vire uma bola de neve. É essa a lógica, não é? Todo mundo devia ser assim. Por que a maioria das pessoas não sabe discutir sem brigar? Quando entro numa DR, não quero brigar. Pelo contrário, quero evitar futuras brigas. Mas nós, pró-DR, não somos compreendidos:


Pois bem, a história de hoje é sobre isso. Certa vez, há muitos e muitos meses anos atrás, eu, cara mente aberta e em busca da perfeição, resolvi discutir a relação. E é óbvio que a discussão virou briga, né, gente. Ninguém sabe ouvir ‘você é totalmente imaturo!’ (seguido de uma lista de argumentos fortes, porque eu sou desses) sem responder na grosseria. Fico de cara.

E seguida da briga sempre vem uma separação, não é? Não deu outra. É batata, gente: se um dia você quiser se separar do seu namoradinho e não souber como fazê-lo, discuta a relação. É ciência, comprovado pelo Inmetro:

Discutir relação leva a uma briga que leva a uma separação.

E, gente, eu não queria separação nenhuma. Eu só queria melhorar as coisas. Se eu soubesse que teria dado nisso, teria ficado de bico calado. (Mentira, não sou desses de me calar) Mas aí, o que que eu fiz? Muita atenção agora, porque essa é outra regra:

Se você discutiu a relação, deu merda e não era a intenção, é a hora de pedir desculpas.

Eu sei que é revoltante pedir desculpa quando você está certo, coleguinha, mas você pretendia fazer o quê? Eu e você sabemos que após a separação quem ia sofrer ao som de All by myself seria você. Então, é melhor retirar tudo o que disse. É melhor ter um relacionamento para reclamar do que não ter nenhum. Deprimente, mas eu sei que você também pensa assim.


Então, foi o que fiz. Marquei um cineminha pra pedir desculpa e reatar. Cheguei mais cedo no shopping pra poder almoçar. E eu sou desastrado. É claro que caiu feijão na minha camisa.

Dica: Nunca coma antes de um encontro.

Quando você vai encontrar qualquer tipo de ex (amigo, namorado, patrão, etc), você tem que estar melhor do que nunca. Tem de estar deslumbrante pra mostrar como a separação te fez bem, gente! Aparecer com uma camisa manchada de feijão não é uma opção. É a morte! Não há credibilidade.

E foi o que aconteceu. Minhas desculpas de nada valeram e ainda tive tudo o que eu falei antes usado contra mim. Golpe baixo. Até hoje, sei que a culpa foi do feijão.

Dica: Se fizer mesmo questão de almoçar, coma comida japonesa – sem os molhinhos.

3 respostas para Às vezes, o melhor é ficar calado

  1. ۞ Léo ۞

    ao som de All by myself foi OTIMAAA rsrsAhh eu discordo em alguns pontos, acho q o amor e valor próprio vem antes de qualquer coisa e eu acho mt mais valido ter alguém q vc possa agir e se expressar da forma q lhe é peculiar do q ter q viver reprimido a não falar X ou Y coisas, nesse caso prefiro ficar by myself msm. Tudo bem q na pratica isso é um pouco mais difícil de se fazer embora eu consiga, não eh uma regra geral q se aplica a todos e a todas as situações."sei que a culpa foi do feijão" hauhauhauhau ADOROOO

  2. Nina

    eu também sou pró-DR. mas o problema é que eu sempre choro. Sempre! mesmo que não esteja triste com alguma coisa, aparece auhhuauha só dedo na ferida…=(

  3. Erica FF_

    HSDIUASHDUISHDIUASSADeu lembro dessa historia, dicona..eu ri no dia..enfim..adorieeu tbm ADORO uma DR, you know. DR é comigo msm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s