RSVP pra quê?

Banque uma festa no seu aniversário e todos irão. Faça o esquema ‘cada um paga o seu’ e apenas os mais próximos aparecerão.

Todo ano é a mesma coisa: eu sempre acho que ninguém vai aparecer no meu aniversário. Brasileiro não tem a cultura do RSVP, né? A gente pede pros convidados confirmarem presença e apenas uma meia dúzia confirma. Penso o que? Meu aniversário vai ser um fracasso, ninguém vai e vou passar vergonha na frente dos poucos que forem. Ih, jamais. Sou mais esperto do que esse complô: eu vou é cancelar tudo! Mas claro que eu nunca cancelo, né. Saio de casa de cabeça erguida pra humilhação da solidão (o que, de fato, nunca acontece – as pessoas gostam de aparecer no estilo surpresa).

Foi mais ou menos isso que aconteceu no meu aniversário de 18 anos. Resolvi comemorar numa pizzaria e precisava da confirmação das pessoas pra fazer a reserva. Os dias se aproximavam e ninguém me dava certeza. Ficava cada vez mais tenso. Acabei reservando uma mesa pra 25 pessoas, sendo que na verdade apenas 16 tinham confirmado que iam. Mas vai que alguém resolve aparecer de última hora?

E não deu outra. Não parava de chegar gente: aquele que convidei por educação, aquela que jurei que não ia aparecer, aquela que leva amigos a tiracolo e… até penetra teve!

– Ooooi! Nem me convidou, seu cachorro!
– Eeerr… pois é, mas que bom que você veio mesmo assm!

Claro que as 25 cadeiras não foram suficientes. Foram quase 50 pessoas. E a pizzaria tava lotada. Não queriam nem deixar meus convidados entrarem. Eu, que já tinha cedido minha cadeira pra penetra, toda hora ia na porta resgatar meus convidados. “Tá comigo, tá comigo!”. Uma vez dentro, o problema era outro: onde se sentariam?

– Garçom, traz mais um cadeira que chegou mais gente.
– Mas, meu senhor, eu já falei que não tem mais cadeira.
– Dá um jeito! Meus convidados não vão ficar em pé.

E lá ia o pobre garçom atrás de mais cadeiras. E mal ele voltava, eu já tinha mais pedidos:

– Traz mais duas!
– Mas…
– Confio em você!

Os coitados ficaram bem putos comigo. No final, fingiam que nem me ouviam, porque sabiam que eu ia mandar eles fabricarem mais cadeiras. Pizza, nem comi. Ainda bem: devem ter aprontado poucas e boas com elas pra descontar a raiva. (no final da noite, pedi desculpa a eles, mas não foram muito receptivos)

O pior é: meus amigos continuavam a ligar perguntando como chegar lá. Eu já dizia algo mais ou menos assim:

– Tudo bem, eu vou entender se você não vier.
– Mas eu tô indo! Como chego aí?
– Tá, só tô dizendo que se não conseguir chegar, sei que você tentou.
– Mas, Leonardo..
Eu queria gritar: POR FAVOR, NÃO VENHA! NÃO TENHO MAIS LUGAR!
E, pra completar, tudo terminou assim:
Porque meus amigos dão valor ao meu sacrifício.

4 respostas para RSVP pra quê?

  1. Erica FF_

    sempre tem o pentra né..You know..e nesse seu niver ai, o q mais rolou foi gente penetra e amigos levando gente indesejada… UIHGSUIADGSADfeliz aniversario, Leo o/

  2. Guilherme Dell

    PARABÉÉÉNNNS via blog agora.HAHAHAHA… todos os meios de comunicação, pra te desejar um feliz aniversário e muuitos anos de vida.Beeijo do Gui (SP) *-*

  3. Rodolfo Alves

    huhauhauhauhaahhauhuahuahuhau eu ri mto com o video! eu tava lá..q lindo.e o pior..super me identifiquei com o texto na parte q fala..os amigos q levam amigos a tira colo…. kkkkkFELIZ NIVER LÉOOOOOOOOOO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s